MAGS SOLUÇÃO AUTOMÁTICA EM SEPARAÇÃO DE MIÚDOS

Uma parte essencial do programa de evisceração da Meyn é a separação de miúdos. A Meyn oferece uma gama completa de soluções em separação de miúdos, desde as manuais até as completamente automatizadas, adequadas para diferentes aplicações e para cada requisito do mercado.

A começar pela Meyn Maestro, a melhor evisceradora do mercado, mais de 99,5% dos conjuntos estão disponíveis para separação. Com uma excelente apresentação dos produtos, os conjuntos são transportados para o novo sistema de separação automática de miúdos Mags. Os intestinos e a vesícula biliar são automaticamente removidos do fígado e todos os outros órgãos comestíveis (fígados, corações e moela) são separados.

O sistema de separação automática de miúdos Meyn Mags é um sistema modular e expansível, para equilibrar o investimento inicial em equipamentos com a capacidade exigida, possibilitando aumentar a capacidade onde for necessário no futuro. Os módulos de separação, com uma capacidade máxima de 6000 conjuntos por hora, podem ser instalados em qualquer lugar, juntamente com o transportador de bandejas após a inspeção de carcaças. O sistema é bastante flexível em relação ao layout, podendo ser orientado perpendicular ou paralelamente ao transportador de bandejas, ou então em qualquer lado do mesmo. Os módulos são construídos de acordo com os mais altos padrões de segurança e higiene.

operations

Uma unidade de descarga é montada no transportador de bandejas, para transferir a quantidade desejada de conjuntos para o módulo de separação. Os conjuntos são transferidos do transportador de bandejas para uma esteira de indexação flexível, que singulariza os conjuntos e os transporta para o módulo de separação. Os conjuntos caem sobre um conjunto de roletes sintéticos, onde o coração, o fígado e os intestinos são tracionados para baixo e transportados, enquanto os conjuntos são suspensos pelas moelas. Ao final dos roletes, uma corrente de transporte retira a moela dos roletes, movendo-a sobre o trilho de transporte, ao longo das estações de processamento. Na primeira etapa, os intestinos são tracionados da moela. Na segunda etapa, a moela é removida do conjunto, deixando o papo preso, para o processamento perfeito da moela. No mesmo movimento, o coração é removido do fígado e transportado para uma unidade de separação de pulmões. Por fim, o fígado é transportado para a unidade de separação de intestinos e vesículas biliares. Os fígados e os corações de todos os módulos são despejados sobre uma esteira comum. Os corações são transferidos para uma unidade final de separação de corações e pulmões para que tenham uma apresentação perfeita, e os fígados são lavados a máquina e despejados sobre uma esteira de seleção ou em uma bomba de transporte (dependendo das especificações do produto final). As moelas são despejadas diretamente na separadora de moelas e, então, as moelas de todos os módulos, já com as membranas removidas, são coletadas e transportadas para uma esteira de inspeção.

Devido ao seu alto desempenho de separação e excelente apresentação do produto, é necessário apenas um operador por módulo para separar os fígados comestíveis e da melhor qualidade possível.

A solução completa inclui:

  • Bandejas para o transportador de bandejas, para uma separação automática
  • Uma entrada controlada originária do transportador de bandejas, por módulo
  • Os módulos de separação e o conjunto hidráulico
  • Esteira de transporte de órgãos comestíveis
  • Separadora de coração e pulmão
  • Lavadora de fígado
  • Esteira de seleção de fígados

A velocidade máxima de uma única unidade é de 6.000 aves por hora e, portanto, uma linha típica que processa 12.000 aves por hora precisará de dois módulos.

highlights

  • Configuração flexível, utilizando de maneira ideal o espaço (limitado) do piso.
  • Configuração modular, para equilibrar a capacidade e o investimento.
  • Desempenho confiável e constante.
  • Excelente apresentação do produto final.
  • Economias máximas em mão de obra.